FORÇAS DE ISRAEL AUXILIAM NO RESGATE DE REFÉNS NO SHOPPING DO QUÊNIA

AFP Londres

Segundo o Jornal: The Times of the India, forças de Israel se uniram contra os grupo armado que lançou um ataque a civis em um Shopping na cidade de Nairobi. “Os israelenses acabam de entrar e eles estão resgatando os reféns e os feridos “, disse uma fonte que não quer ser identificada à AFP (Agência de Notícias Francesa).

Pelo menos 59 mortes foram confirmadas no ataque realizado por militantes islâmicos somalis em um shopping de luxo em Nairobi, disse um ministro do governo no domingo. Há ainda no local um número indefinido de reféns atiradores.
Entre os mortos estava renomado poeta e estadista ganense, Kofi Awoonor de 78 anos que fazia compras com seu filho. A Al- Qaeda da Somália disse que o massacre foi em retaliação à intervenção militar do Quênia, na Somália, onde as tropas da União Africana estão lutando contra os islâmicos .
PARENTES DO PRESIDENTE QUENIANO ESTÃO ENTRE OS MORTOS
O Presidente queniano Uhuru Kenyatta , disse no domingo que um sobrinho e sua noiva estam entre as 59 pessoas mortas.”Eu sinto a dor de cada vida que perdemos e compartilho meu pesar pela perdas da nossa nação.” O presidente completou sua fala chamando seus parentes mortos de “jovens e lindas pessoas que eu amei e conheci pessoalmente.”
O shopping Westgate é muito popular entre os quenianos ricos e estrangeiros e estava lotado com cerca de 1.000 consumidores, quando homens armados entraram por volta do meio-dia de sábado jogando granadas e atirando com armas automáticas.
Esse foi o pior atentando em Nairobi desde o que matou mais de 200 pessoas na embaixada dos EUA em 1998.
Um sobrevivente adolescente contou à AFP como se fingiu de morta. “Eu ouvi gritos e tiros por todo o lugar. Eu fiquei com medo e  tentei descer as escadas quando vi alguém correndo em direção ao topo, então eu corri e me escondi atrás de um dos carros”, disse Umar Ahmed de 18 anos .
Nas primeiras horas após o início ataque pessoas de todas as idades e raças podiam ser vistas correndo pelo shopping, algumas com bebês nos braços, enquanto outros tentavam escapar de balas.
REAÇÃO NO MUNDO
O Chefe de política externa da UE , Catherine Ashton, disse que estava “chocada com o ataque brutal contra cidadãos inocentes” e enviou suas “sinceras condolências aos que perderam familiares, amigos e entes queridos” .
Paris confirmou que dois cidadãos franceses estão entre os mortos e que condenava o ataque qualificando-o de “covarde” . O primeiro-ministro do Canadá, Stephen Harper, disse que dois canadenses, sendo um deles, um diplomata , estavam entre os mortos. Já a agência oficial de notícias chinesa, Xinhua informou que uma mulher chinesa foi morta e seu filho ferido .
Dois índianos  e um sul-coreano também aparecem entre os mortos. Já os Estados Unidos disseram que há cidadãos americanos entre os feridos e tratou o ataque como ” desprezível “.
O Conselho de Segurança da ONU também condenou o ataque.
FONTE: The Times of the India
Texto reduzido e adaptado pelo Editor
Facebook Comments


Compartilhe